Avante Renegados, beleza!? Beleza!

Não sei quanto a vocês, mas cansei de 2014. Mas antes de começar a falar mal desse ano, tenho uma mania de achar que eu nunca me dou bem nos “anos pares”, vocês tem isso também? Bem parecido com aquela simpatia de ter tatuagens ímpares trazem sorte: Vai entender, né? Voltando, cansei de 2014. Nunca passei por perrengues, grandes perdas, confusões e tudo mais. Nunca vi as coisas ruins superarem o número de coisas boas de forma que acaba deixando você para baixo, agoniado, não sabendo o que esperar daqui para frente. Acho que a perda do meu pai foi o início dessa visão diferente (não estou falando que tudo é lindo e belo), de abrir os olhos para muitas coisas, seus valores e princípios, no melhor estilo: “Você está fazendo isso da maneira certa? É esse legado que você quer seguir?”

BRB_11

Desculpe a palavra, mas foi um ano literalmente filho da puta. E o pior, ainda não acabou.  Ainda temos semanas e vai saber o que pode acontecer. Divagando um pouco, acho que quando começamos a ver nossos heróis morrendo, é um sinal do fim de uma Era de Ouro para todos nós, porém é o ciclo da vida. Todos nós ficamos sentidos na última sexta feira, quando perdemos o gênio Roberto Gómez Bolaños. Em uma conversa com minha linda amiga Luanda do ACC (Alguma Coisa Cast), saiu um pensamento que, vocês podem não concordar comigo, mas somos de um pouco egoístas nessas horas quando um Gênio do porte do Bolaños parte. Por mais que seja dolorido a ida, mas o caminho até ela pode ter sido muito pior, coisa que não enxergamos de fato. Assim como várias noticias antes do Falecimento de Bolaño falando que o estado dele de saúde não estava legal a muito tempo. Galera, é uma força incrível que você tem que ter não só para estar ali do lado da pessoa, mas para aguentar essa dor e sofrimento por muito mais tempo. Ele já merecia esse descanso a algum tempo e já concluiu sua missão aqui deixando seu legado eterno.
Concluindo, não estou comparando as dores, mas estou tentando explicar o respeito e a dignidade de entender como as coisas vão surgindo ao nosso caminho e temos que ter cabeça o bastante para reconhecer e não se perder a cada pancada que a vida nos dá.  Temos que aprender com isso a cada dia. a cada mês, a cada Ano. E uma coisa importante é ver isso com seus amigos também, afinal se você está em um grupo “X” e um dos caras somem, ele pode estar passando por algum tipo de dificuldade que pelo menos uma palavra ou presença amiga já ajuda. Você também pode conversar com um amigo seu caso estiver passando por algo. E ai talvez o tempo acaba não sendo tão doloroso assim. Repense as coisas que você anda fazendo, anda passando. Se tiver sempre algo te incomodando, seja no trampo, nos relacionamentos ou qualquer tipo de “universo” pessoal, converse. É a melhor solução.
Até mais pessoas e já deixo aqui o meu Feliz ano Novo!

[ytp_video source=”XTb9GNIxpMk”]

Valeu pessoas e até a próxima!