Olá individuo Renegado, beleza?

Estou aqui novamente em cima da hora pra falar sobre meu assunto preferido, Quadrinhos. Na ultima vez que estive aqui falei um pouco sobre quadrinho nacional nessa coluna >
BRUB´S ON TIME | A NOVA CENA DOS QUADRINHOS NACIONAIS

Volto com um tema parecido, ou melhor dizendo, complementar a primeira coluna, hoje o assunto é webcomics brasileiras. Então borá lá o/

 terapia2

Quem aqui nunca leu um quadrinho na internet? Creio eu que no mínimo uma tirinha você já parou pra dar uma lida certo? As webcomics são muito populares, e existem MILHÕES (leia com a voz do Sr K) de comics espalhadas pela web.

Eu diria que webcomic é o novo Zine, não que ainda hoje não se façam fanzines, mas com a facilidade de propagação da internet é mais que natural que a maioria dos artistas optem por publicar suas obras “na grande maioria independente” pela interwebs.

Além disso, a publicação on-line concede outros recursos que atraem cada vez mais atenção tanto dos artistas como dos leitores, a começar pelo fato dela ser extremamente democrática, qualquer um pode fazer uma webcomic, qualquer um mesmo, não precisa nem saber desenhar. Você pode fazer foto montagem, pixel art, clip-art entre outras coisas que transcendem o papel, além disso, é possível usar mecanismos como hiperlinks, animações e outros artifícios que elevam a experiência de leitura para outro nível.

Outro ponto que cativa os autores a optarem pela web é a liberdade, pois de fato não existe outro lugar onde se possam fazer referências, usar personagens e imagens de outrem, sem sofrer nenhum tipo de censura “lembrando que isso não é uma regra”.

Por essas e outras a webcomic ganhou muito espaço nos últimos anos, tendo grupos de discussão no facebook, sendo temas de podcast, vídeos e conquistando até uma categoria no HQMIX o mais importante prêmio de quadrinhos no Brasil. Aliás, se tiver dúvida de por onde começar pode ser uma boa pesquisar vencedores e indicados ao prêmio para conhecer bons títulos.

Bem agora que você já esta bem afeiçoado com o que é uma webcomic, vou fazer aqui algumas recomendações de títulos que eu gosto de ler nas minhas horas vagas all time.

IMG_9785

BEAR:

A webcomic de Bianca Pinheiro é no momento a que eu acompanho com mais afinco.

Trata-se da história de Raven uma guria muito esperta que se perdeu dos pais, e enquanto ela os procurava achou uma caverna e lá resolveu pedir ajuda para o seu dono, o Urso Dimas (eu adoro esse nome). Então ambos saem num verdadeiro RPG atrás dos pais da garota, e passam por poucas e boas.

Recheado de referências a cultura pop, com piadas leves e um traço gracioso Bear é sem dúvida uma das histórias mais fofas e mais bacanas que eu li nos últimos tempos.

Acesse em: http://bear-pt.tumblr.com/

TIRINHAS DOS ZODIACO:

Cara como eu dou risada com as Tirinhas do Zodíaco, esse é obviamente um trabalho dedicado aos fãs de Cavaleiros dos Zodíaco, se você não viu ou não gosta definitivamente essa obra não é para você.

Com base em humor de referência os autores Pedro Leite e Rafael Koff usam com maestria os estereótipos e as “piadas prontas” que o anime oferece, e com tirinhas que vão direto ao ponto fazem você fã morrer de dar risada, e algumas vezes refletir “como eu não pensei nisso antes”. São ótimas sacadas, e se você conhece a mitologia do anime eu simplesmente duvido que você não vá curtir. Esse eu até comprei uma versão impressa com todas as tiras.

Acesse em: http://tirinhasdozodiaco.blogspot.com.br/

GNUT:

Gnut é realizado pelo artista Paulo Crumbim, que também assina Quadrinhos A2 e o vindouro Penadinho com sua esposa Cristina Eiko.

Gnut é um projeto muito bacana do Paulo, trata-se de uma história ambientada em outro Planeta com seres extraterrestres, e o mais bacana é que é uma história muda, logo nós temos que interpretar as nuances das reações dos fofíssimos personagens que ele criou.

Essa comic chama muita atenção por ser uma tira vertical e animada, muito bem animada, diga-se de passagem, o Paulo já criou um projeto do Gnut impresso pelo Catarse que foi bem sucedido e sai ano que vem. Da uma olhada, tenho certeza que vai se apaixonar.

Acesse em: http://www.gnutcomics.com/

UM SÁBADO QUALQUER:

Nessa obra o autor Carlos Ruas se mostra muito corajoso ao abordar um tema muito polêmico “religião”, não que todas as tiras tratem disso, mas só o fato de seus personagens principais serem Deus, Jesus e o Capiroto já pode incomodar muita gente.

Mas garanto que se alguém reclamar desse quadrinho a pessoa ta caçando pêlo em ovo, pois Carlos trata do assunto com um humor inteligente e muito respeitoso. Com uso de personagens “divinos” e a participação especial dos maiores pensadores que esse mundo já teve, as histórias abordam temas cotidianos e explora principalmente a humanidade, se aprofundando nos sentimentos e reflexões dos personagens. Essa tirinha é muito popular e tem publicação também no facebook (outra facilidade das webcomics).

Acesse em: http://www.umsabadoqualquer.com/sobre/

DR PEPPER:

Esquece esse papo que eu tava até agora de humor leve, aqui é pra quem não liga de ser ofendido, Dr. Pepper é uma webcomic totalmente politicamente incorreta, faz piada com tudo e com todos. Zoa as minorias, tira sarro de doença, se utiliza de apelativo sexual, logo se esse tipo de humor não te agrada passe bem longe.

Apesar deu preferir um humor mais ao estilo de Um Sábado Qualquer, de vez em quando leio Dr. Pepper pra quebrar um pouco essa rotina, apesar de ser um humor “grosseiro”, o autor Daniel M.T teve uma grande sacada ao usar bonecos simplistas para narrar suas piadas, e volta e meia me deparo com piadas bem inteligentes também.

Acesse em: http://blog.drpepper.com.br/

1280x800

Bem galera por hoje é isso, espero que gostem das dicas, só coloquei aqui as comics que acompanho com mais freqüência, mas também existem inúmeras outras comics tão boas quanto, pra quem gosta de ler coisas com mais continuidade e profundidade no roteiro minha sugestão é a webcomic Terapia do Mario Cau, Rob Gordon e Marina Kurcis, uma hq completíssima de arte e roteiro muito bem trabalhados. Uma dica preciosa é que vocês podem ir atrás de coletivos como Petisco, A Vaca Voadora, e Webcomics Brasil onde diariamente “ou quase” saem novas tirinhas de diversos artistas maneiros, tenho certeza que você vai encontrar algo que te agrade.
Aguardo vocês na próxima coluna, até mais o/