CN

Uau! finalmente de volta!


Depois de meses de espera minha coluna está viva novamente! Mil perdões a quem leu a primeira parte e ficou naquele “ué!?” na semana seguinte quando prometi concluir. Às vezes no meio do caminho tem uma horda de zumbis pra atrapalhar, mas a gente sempre volta.

E para não deixar o assunto morrer sem conclusão, vamos para a segunda parte da minha lista de recomendações sobre o tema zumbi.

Eu já citei uma pequena gama de obras de zumbi que creio serem interessantes no Café com Zumbi parte I, mas agora temos também os grandes nomes, como The Walking Dead, que é conhecido não só pela série que volta em sua quarta temporada em outubro (uhuu!), mas também pelas histórias em quadrinhos da qual é baseada a série.

Existem também episódios da websérie, que foi criada paralelamente a de TV, conta como alguns zumbis que aparecem na série de TV se transformaram, fora algumas outras histórias. Resident Evil, Dawn Of The Dead (Madrugada Dos Mortos) seguem na lista de grandes títulos e depois Zombiland (Zumbilândia – 2009) e Shaun Of The Dead (Todo Mundo Quase Morto – 2004) são ótimos filmes que conseguiram adicionar comédia ao tema sangrento.

E não faz muito tempo foi anunciado o lançamento do filme Warm Bodies (Meu Namorado É Um Zumbi), adaptação do livro Sangue Quente de Isaac Marion, apesar de ter feito muito rebuliço entre os fãs de filmes sangrento de zumbis, esse não é o primeiro título que segue essa ideia, já existem pelo menos mais dois filmes assim: My Dead Girlfriend, 2006 e Zombie Honeymoon, 2004.
Também temos o anime High School of The Dead, é bem curtinho, mas vale a pena dar uma olhada. Foi adaptado também em forma de animação o grande título dos games Dead Space. Já possui dois lançamentos, e é bem interessante pois explica a história dos games, para quem não conhece e tem curiosidade fica aí uma dica!
Agora os jogos, nossa, são muito, mas serei um pouco menos detalhista quanto a eles.

CN_1

Vamos lá!

Sem muitos dados específicos sobre o início, na época do 8-16 bits, nosso carniçais já possuíam um papel importante nos jogos, mesmo que fosse como coadjuvante, em 1990, no Zombie Nation, uma cabeça de samurai ganhou papel principal do jogo em um tom até mais cômico, no qual o samurai devoraria os zumbis das fazes. Logo após, veio o lançamento de Zombie Ate My Neighbors e mais alguns jogos sucessores, porém o que abriu realmente as portas para os jogos de zumbi e divisor de plataformas foi o Inglês Zombie, 1980, no qual os personagens teriam que sobreviver em um shopping. Ouro forte consolidador do gênero foi Alone In The Dark.

Desses surge o “pai” dos jogos de zumbi (survival horror), Resident Evil, e só evoluindo, com a série House Of The Dead, Return To Castle Wolfstein e Eternal Darkness e até em World Of Warcraft temos uma raça zumbi e com o avançar da tecnologia e conhecimento dos desenvolvedores sobre elas, passamos a ter jogos bem mais realistas, porém, na minha opinião, menos assustadores, alguns dos novos títulos são: Left4Dead, Dead Rising, Dead Space, Dead Island, The Walking Dead (que lança os jogos por temporadas), ZumbiU, LollipopChainsaw, Minecraft, Plants Vs. Zombies, The Last Of Us, WarZ e DayZ, fora as DLCs para jogo de FPS como o Call Of Duty, entre outros. O que achou? Fiquem à vontade para citar alguma recomendação que ficou em branco. Eu gosto muito do tema “zumbis”, li uns estudos recentemente de que toda a teoria de Apocalipse Zumbi pode se tornar verdade futuramente, não que eu queira isso, a não ser para atirar na cabeça de algumas pessoas por aí.

assbarb1