Vitrine_Postx3

Graphic MSP… esse é só o selo mais inovador e surpreendente do universo dos quadrinhos nacionais, pelo menos este ano. Histórias como Astronauta – Magnetar, de Danilo Beirucci e Turma da Mônica – Laços dos irmão Vitor e Lu Cafaggi, conseguiram fazer com que cabeças e corações explodissem com tamanha grandiosidade. E não foi muito diferente quando li “Chico Bento – Pavor Espaciar”, o terceiro título lançado pelo selo Graphic MSP da Mauricio de Sousa.

Sinopse:

Tinha tudo para ser mais uma noite tranquila na Vila Abobrinha. Mas Chico Bento, o seu primo Zé Lelé, o porco Torresmo e a galinha Giserda acabam abduzidos por alienígenas que têm planos sinistros. Em Pavor Espaciar, Gustavo Duarte reinterpreta os personagens de Mauricio de Sousa mesclando perigo, aventura, suspense e humor.

Imagine crianças do interior, aquelas que sempre foram assombradas pelas famosas historias dos seres míticos do folclore nacional. Crianças um tanto ingênuas por não viverem os costumes e culturas da cidade grande. Imagine como seria se elas se deparassem com algo muito mais assombroso e inusitado do que um Saci ou até mesmo uma Mula sem cabeça. É isso que Gustavo Duarte faz. De uma forma muito divertida, ele mostra como seria uma possível invasão alienígena em uma casinha na roça, incluindo claro um dos personagens mais famosos do Mauricio.

ChicoBento_PacorEspaciar01

É muito bacana ver um personagem como o Chico Bento em uma história dessas. Um garoto da roça, que não tem contato com toda a informação e o dinamismo da cidade grande, no momento em que se encontra em uma situação incomum e totalmente inusitada como esta, o que ele faria??

Certeza qui eli ia achar que isso é coisa du dêmu!!

Pavor Espaciar tem uma arte mais voltada para o estilo cômico, é muito bacana. Chico Bento e Zé Lelé são muito bem traçados. A história não possui diálogos extensos, tudo é muito visual. Os cenários são bem minimalistas, somente com os elementos essenciais. Toda a sequência das cenas deixa a história bem dinâmica, fazendo fluir muito bem. É uma espécie de desenho animado impresso, lembra muito os clássicos desenhos com aquele humor maluco que sempre gostávamos de ver em Tom e Jerry, por exemplo.

MSP_Pavor_Espaciar_003

E as referências??… Gustavo Duarte realmente manja dos paranauê. É possível encontrar durante a leitura referencias de muita coisa. Começando elementos de Star Wars (que Gustavo parece ser bem fã), personagens do próprio Mauricio de Sousa e até mesmo grandes mistérios da humanidade são revelados na história (Sim, acho que ele curte muito History Channel). Afinal o que são as histórias de Aliens sem as especulações! rsrs. Vale citar também as referencias às outras obras do Duarte, quem já teve o prazer de ver “Monstros” ou “Có” vai achar a coisa mais bacana ainda, foram elementos que deram um toque bem mais autoral.

Veja ai o Gustavo Duarte manjando dos paranauê espaciar!

Se você se surpreendeu com Magnetar e se emocionou com Laços – sério, ja devia ser obvio que a 3ª Graphic não ia decepcionar – prepare-se para rir bastante com a história do nosso amigo Chico, um dos personagens mais sensacionais da Turma da Mônica.

Serio mermo… ôo trem bão de ler sô!

ASS