ER | PLANETA HULK

SINOPSE

Traído pelos heróis da Terra e exilado nos confins do espaço, o Golias Esmeralda aterrissou no distante planeta Sakaar, governado pelo tirano rei Vermelho. Vendido como um escravo, o Hulk se torna o Cicatriz Verde, o mais poderoso gladiador daquele mundo – mas os seus novos senhores acabam recebendo muito mais do que barganharam, já que ele forja uma aliança com seus companheiros gladiadores: o Insetoide Miek, a terrível criatura Ninhada, o ser rochoso Korg, o guerreiro das sombras Hiroin, a rebelde aristocrata Elloe e o seu fiel guarda costas Skee. Juntos, esses lutadores começam uma revolução que vai mudar o planeta – ou destruí-lo. Com a participação especial do Surfista Prateado, Planeta Hulk é uma história selvagem de ficção científica escrita por Greg Pak e ilustrada por Carlo Pagulayan!

CRÍTICA RENEGADA

Dentre todos os heróis da Marvel, é difícil encontrar um com uma construção moral e psicológica tão complexa quanto a de Bruce Banner/Hulk. O cara está em uma eterna batalha interna, pois sabe que há algo perigosíssimo dentro de si mesmo e que tem potencial para acabar com a terra, por isso, isolamento e solidão são as suas melhores estratégias para manter a si e a todos a salvo. Infelizmente existem muitos com interesses em suas habilidades não humanas, e diante de certas situações, vemos Bruce criar esperança de que ao invés de ser tratado como uma arma mortal ambulante, ele pode trazer o bem e a paz as pessoas. Mas é claro, os interessados em seus poderes não pensam exatamente desta maneira, e é em Planeta Hulk que vemos isso da maneira mais clara e explícita possível.

No prólogo da trama, um Banner tentando achar a paz interior, é recrutado pela SHIELD para destruir uma estação espacial da HYDRA, tarefa esta que ele faz com extrema eficiência. No entanto ao descobrir o envolvimento da própria SHIELD na construção da estação, resolve tirar a história a limpo quando chegar na terra. E então os Maoires Heróis da Terra, através de uma suja arapuca o mandam embora exilando-o para sempre.
Durante a história, finalmente podemos ver HULK no controle e não Banner. Na terra, onde Banner mantém o controle na maior parte do tempo, Hulk era mantido escondido e isolado, chamado somente nas horas de necessidade. Agora Sakaar, mostra-se o verdadeiro Habitat Natural do Gigante Esmeralda. Em diversos momentos, o autor mostra que Banner esta tentando assumir o controle mas Hulk é quem predomina agora e vai construir a sua própria saga, com seus iguais ao seu lado e pondo sua infinita força ao limite. Todos os personagens de Sakaar, parecem ter sido construídos para atuar com Hulk e somente com Hulk, pois todos tem particularidades compartilhadas com o mesmo, como Miek e Ninhada que são diferentes dos demais habitantes de Sakaar e por isso são discriminados e temidos, ou como Korg que possui uma força física comparável a de Hulk, porém é pacífico e com forte senso de moral como Banner, e até mesmo Caiera, a Fortaleza com sua inacreditável força e invulnerabilidade que é usada como principal ferramenta do tirano vermelho sem “se tocar” disso.

Em suma, Planeta Hulk nos trás finalmente uma saga completa e total desenvolvimento do monstro como personalidade e não como o alter ego monstruoso. É simplesmente sensacional ver o caminho todo do personagem a sair de Hulk, tornar-se o Cicatriz Verde e finalmente assumir o manto do Filho De Sakaar, onde sem alguma ajuda da inteligencia de Banner, ele finalmente parece ter achado o seu lugar.

O fim desta história, admito que me deixou tão revoltado com a “nata” dos heróis da terra, quanto no início. Mas pude entender mais claramente quem é o Hulk e o que ele representa no universo Marvel. Qualquer fã do gigante esmeralda deve obrigatoriamente ler esta saga, pois arrisco-me a dizer que somente aqui, vemos o máximo potencial do gigante e o quanto todos os outros heróis são pequeninos perto dele. Em resumo, esta é a na minha opinião a saga definitiva do Incrível Hulk.
Recomendo também a animação produzida, que não fica nada atrás e conta com uma pequena participação de Bill Raio Beta.

AN2_ER_PLANETHULK