Vitrine_Post_JKB_JONHW

Avante renegados!

Iniciando mais um Jukebox, hoje venho falar de um tipo de música que não é exatamente popular para as massas, mas graças a cultura pop, é até que bem apreciada pela população nerd. Vamos falar de música clássica! Música erudita! Música orquestrada, o que significa para nós: TRILHA SONORA ÉPICA!

Hoje, falaremos de um compositor/maestro que todos nós nerds conhecemos muito bem. Alguns podem não saber o nome mas com certeza o conhecem. Aí vai a dica: sabe aqueles filmes que ajudaram a ilustrar a nossa infância e juventude? Indiana Jones, Jurassic Park, Superman (a saga com Christopher Reeve) E.T. (minha casa…), Tubarão e the fucking Star Wars? Então, o que esses filmes tem em comum? JOHN WILLIAMS. Este Gênio, é o compositor de todas as trilhas sonoras desses filmes magníficos e muitos outros. Mas quem é John Williams? Quem é esse cara que não aparece visualmente mas tem seu trabalho aprimorando a nossa experiência de imersão numa grande história?

IMAG_Post_JKR_JOHNW

John Towner Williams é um músico formado pela Escola Juilliard em New York e pela UCLA como compositor. Nos anos iniciais de sua carreira, John Williams trabalhou como orquestrador de alguns compositores relativamente conhecidos, como maestro da banda oficial da Força Aérea Americana, mas o mais chamativo foi a sua fase como pianista de Jazz sob a alcunha de Little Johnny Love, vejam vocês! Sua carreira se alavancou quando começou a trabalhar como orquestrador do compositor Albert Newman. Isso deu a ele a chave para a porta de entrada no mundo do cinema e entretenimento. Suas composições de Jazz não ficavam para trás, dando-lhe ainda mais notoriedade em Hollywood. Eis que um jovem cineasta vem até ele com o convite para compor a trilha sonora de seu primeiro filme no papel de diretor. Um jovem sem futuro chamado Steven Spielberg… após ver o trabalho de John, Steven ficou convencido de que aquele homem poderia compor a trilha sonora de qualquer filme que ele fizesse. Nasce assim uma parceria que nos brindou com grandes filmes e melhor ainda, Grandes músicas. A vida se seguiu, outros trabalhos de Spielberg vieram, eis que John conhece um amigo pessoal e colega de trabalho de Steve. Outro idealizador maluco e sem futuro chamado George Lucas. Bem resumidamente, essa história nos leva ao mais respeitado compositor de Hollywood com 47 indicações ao Oscar, vencedor de 5 estatuetas e mais 4 globos de ouro, assim o maior indicado ao Oscar da história. Sem o trabalho dele, talvez estas grandes pérolas do cinema não fossem tão grandiosas como são hoje. Afinal um filme perde muito sem uma trilha sonora no momento certo. Duvida de mim? Pois então veja o vídeo abaixo.

Agora imagine esta pequena cena, sem a trilha sonora: Naves voando… …. Ok….
A trilha sonora nos filmes é um grande complemento e como eu disse antes, sem ela muita da imersão do filme acaba se perdendo. Existem casos onde a não aplicação da trilha existe? Sim, e se bem aplicado, fica muito dez, mas não dá pra deixar um filme inteiro sem uma trilha sonora. E nesse tipo de contribuição, nosso amigo John Williams é mestre.

Espero que tenham gostado e fica aqui uma pequena apresentação do mestre em homenagem a alguns mestres do cinema, mostrando de quebra a importância da música nos filmes e uma divertida homenagem de um fã, aos trabalhos de John Williams (vamos ver se conseguem reconhecer todos ^^)

É isso aí Galera! Sugestões, e Xingamentos nos comentários abaixo!

ERIC_ASS