dh1uag6d

Hey Listen! Aqui  é a Sadic e o prazer é todo seu! Well, eu poderia estar saqueando, pilhando e matando…. Mas fui ameaçada, sequestrada e subornada  com….. Nutella (?) para escrever a coluna… Mas, vamos lá ao que importa!

Mulheres mais de 8.000

E que me atire a primeira pedra a pessoa que nunca disse toda aquela verdade ao extremo depois de virar algumas garrafas de  bebida…. Basta uns goles (ou umas garrafas) pra soltar toda verdade entalada, aposto uma garrafa de vinho que você já foi vítima disso.  Na hora você só quer falar e fazer! Mais nada… Depois, iiiiih… Depois o que resta é aturar a dor de cabeça infernal e aquela vontade de dormir e não acordar mais.

Qual garota nunca colocou aquele vestido curto (sim, aquele bem de piriguete mesmo), calçou aquele salto alto (ok, eu nunca utilizei esse item ai, mas juro por Odin que sou uma garota… ou ao menos acho que sou (?)), enfim, qual garota nunca saiu de casa disposta a provocar ao máximo o próximo? Qual garota nunca se sentiu como se tivesse um poder mais de 8.000?
Aaaah… O mítico poder mais de 8.000 que faz os mais tímidos e Nerds observarem de longe só analisando cada movimento…  Acreditem, algumas tem um poder tão mítico tipo daqueles que fazem o Vegeta quebrar o medidor de ki por achar que está errado.

img  1

E porque tudo isso? Pra quê essa necessidade de provocar o libido alheio? Ah sim! Garotas tentam esconder os motivos, mas a grande verdade é que a maioria que faz isso é porque está apenas tentando mandar pro inferno aquele resto delas sentimental que ainda chora por um amor perdido… Essas bravas guerreiras poderiam ganhar a batalha, ter uma vitória triunfal e épica se não fosse uma invenção maquiavélica inventada pelo Dr. Gero, aquele desgraçado criador dos Androids! Por culpa dele a poderosa guerreira com poder mais de 8.000 é simplesmente transformada em um verme medíocre que saca a invenção maquiavélica e manda um “eu ainda amo você” pro tal do amor perdido. Que provavelmente estará perdido em outro mundo com outra guerreira com um poder de atração menor que o seu (claro, na cabeça da mulher tem que ser assim, a “outra” tem que ser inferior a qualquer custo e mesmo que ela não for você acha um defeitinho de bosta que na sua cabeça a faça ser inferior).

Pois é, a guerreira se humilha e o maldito do amor perdido nem pra dar um sinal de vida, não adiantou nada evocar o Shenlong que você jurava que estava vendo por conta das garrafas que já havia bebido. Quando já estava descontraída  o suficiente começou tentar sentir um Ki imaginário também só pra ter certeza que o amor perdido ainda estava vivo… Então você cansada pela batalha travada com os fantasmas da sua própria consciência , volta pra casa e  pega no sono. E quando acorda vai logo pra frente do espelho, se depara com uma mulher descabelada, com os olhos borrados, com partes da roupa faltando (provavelmente teria ficado pela cama), só então você admite a derrota.

Mas olhe pelo lado bom, a bebida fez você ser sincera, fez a guerreira perder com dignidade (oh wait…) a cansativa batalha,  mas não a guerra. Apenas três palavras que conseguem ser mais poderosas que qualquer Genki Dama que o Goku poderia soltar…

img2

E é isso galera, espero que vocês tenham gostado ah claro, só mais um detalhe…Não, eu não queria começar a coluna com um texto ou assunto pra me expressar…

 “-Mas Sadic, então como você ia escrever a coluna?”

Simples, rápido  e pratico, a partir da próxima coluna vou escrever conforme o que vocês  leitores sugerirem, pode ser qualquer assunto que vocês queiram que eu expresse minha opinião sobre.

Vocês vão deixar comentários no post e eu vou selecionar o assunto conforme tiver mais comentários com a mesma proposta. Então, bora escolher o próximo assunto?!

ASSNOVA-sadics