CAPASADIC

E eu voltei…. Mais uma vez estou aqui para falar sobre as coisas banais da vida (ou não)….Hoje, vou falar de amor em tempos de redes sociais… (Bem clichê né? Mas mesmo sendo clichê não deixa de ser relevante na vida de alguns), vamos começar…

Pensa que louco seria se as pessoas sentissem o que dizem sentir… Cara eu acho muito engraçado reparar em algumas pessoas assim, porque geralmente fazem aquelas juras de amor e tudo mais, e uma semana depois estão relacionado-se com outras pessoas e fazendo as mesmas juras e promessas…

Hoje em dia é difícil acreditar quando alguém diz que te ama e blá blá blá, o sentimento em si se tornou algo banal demais e eu ouso falar que uma parte da culpa está nas redes sociais, hoje em dia parece que o que importa é o que é mostrado em um Facebook da vida ou um Twitter, basicamente é como se só importasse a conquista fotografada, para você poder mostrar para todos os seus coleguinhas o seu troféu sabe?

imagem

Porra, cadê a intimidade??? Cadê o companheirismo??? Tudo isso parece ter ficado em segundo plano. Podem me chamar de antiquada se quiserem e acho que devo ser mesmo, mas hoje em dia tomar um vinho em uma noite fria não tem graça se não virar uma foto de Instagram, comer uma porcaria no shopping não tem graça se não rolar pelo menos um post no Facebook com direito a uma foto esfregando para toda a timeline a sua “felicidade”

Pessoas hoje em dia precisam de uma plateia para poder se relacionar com alguém, uma plateia para dizer o que acha do relacionamento porque se não for assim não tem graça, não tem graça viver a vida a dois, você tem que escancarar cada detalhe na cara da sociedade, para ouvir opiniões alheias de pessoas que você nem tem noção de quem sejam. Seguem exibindo a felicidade antes mesmo de saber curti-la. E ai quando aquilo não da mais ibope a relação acaba, todas aquelas promessas públicas e juras de amor em público foram só palavras vazias, porque o sentimento mesmo nunca esteve ali.

Juro que não condeno ninguém que faça demonstrações públicas de afeto, não acho que o amor foi feito para você guardar ele a 7 chaves, tudo depende da intenção. E até da intenção de quem acompanha. Até acho bacana as vezes você homenagear e escrever um texto e tudo mais desde que você não viva a sua relação dependendo de opiniões alheias ou curtidas do Facebook. Amor é para ser gritado aos sete ventos, amor é um crime a ser cometido, é feito para inspirar sentimentos bons, não para ser banalizado e ouso dizer escrotizado como está sendo feito hoje em dia. Para mim gente que vive um relacionamento a base de curtidas tem que procurar terapia.

Bom é isso galera, espero que tenham curtido a minha opinião rs. E Lembrando que minha coluna depende da opinião de vocês também :D, comentem aqui sobre o que vocês gostariam que eu escrevesse na próxima okie?

ASS