BANNER_CEB

Saudações seus bêbados, hoje, eu vou falar um pouco sobre harmonização de cervejas. Para quem não sabe, harmonização é a habilidade de combinar a sua bebida com a sua comida de uma forma que o resultado seja positivo. Aí você me pergunta:

-Dza, é tipo aquela parada que aquela galera fresca faz com o vinho?

E eu te respondo:

– Sim, talvez não tão fresco. Mas é mais ou menos isso.

BURG_BEER

Vinho vs Cerveja

Os vinhos harmonizam muito bem com a comida, mas as cervejas também podem ser ótimas escolhas, alias, há quem diga que são ainda melhores:

Primeiro: É bebida de “homi”! Ponto!

Segundo: Há muitos estilos de cerveja, o que nos levam à um leque de sabores maior que dos vinhos, ou seja, para quase todo prato existe uma cerveja que harmoniza.

Terceiro: A carbonatação, aquela sensação “gaseificada” na cerveja, ela ajuda a limpar seu paladar (as papilas gustativas) – que assim como a água com gás antes do café – e deixa o sabor da comida mais presente e fácil de perceber.

Quarto: o lúpulo, além de trazer o sabor amargo para cerveja, funciona como uma espécie de Biotônico Fontoura, estimulando o apetite, e além disso consegue remover as camadas de gordura que ficam na sua boca quando você come, dando em todo prato aquela sensação de primeira mordida/garfada.

Ok Dza, mas como eu harmonizo? Existem técnicas, macetes ou cheats?

Bom, geralmente se harmoniza uma cerveja com características ou ingredientes que combinem com o que você está comendo. Existem 3 caminhos básicos para harmonizar:

Harmonização por semelhança: É a mais simples, quando a cerveja e o prato tem características semelhantes, isso significa que aquele sabor vai se intensificar no seu paladar.

Exemplo: Você pode combinar uma feijoada ou um prato de linguiça Toscana com uma Rauchbier, que é uma cerveja defumada, intensificando seu sabor.

Harmonização de corte: Basicamente é o que eu já expliquei, a união da carbonatação e o lúpulo acentuam o sabor da próxima garfada, o lúpulo quebra a camada de gordura na boca e a carbonatação limpam as papilas. É como um buff de jogo de RPG, “no próximo turno seu dano duplica”, ai quado acaba o efeito você buffa de novo.

Exemplo: Se for pedir um prato gorduroso como um hambúrguer, uma cerveja com mais lúpulo é recomendada, por exemplo uma IPA.

Harmonização constante: Quando a cerveja tem uma característica diferente do prato, mas de alguma forma eles se complementam. Para quem já assistiu o filme Ratatui, na cena em que o Remi (o rato) mostra para seu irmão os sabores da uva e do queijo, e depois a junção dos dois, descobrindo um sabor totalmente novo. A harmonização é quase igual, só que você fica bêbado.

Exemplo: Misturar uma Strong Dark Ale, que é uma cerveja bem doce devido ao malte forte caramelo com um Queijo Gorgonzola, a combinação é muito interessante, pois o álcool da cerveja praticamente derrete o queijo na sua boca.

BANNER__

Caramba Dza, que legal, como eu posso começar com essa parada?

Harmonizar não é uma ciência exata, é preciso treino pra aguçar seus sentidos, principalmente o olfato e o paladar. Entender como se comportam os ingredientes tanto na cerveja como no prato é essencial, pois só assim que se consegue categorizar o que você bebe e o que você come para poder dizer “este tipo de cerveja vai bem com esse tipo de prato”. É sempre bom também começar pela “harmonização por semelhança” e a “harmonização de corte”, pois são mais simples . Com o tempo pode arriscar a “harmonização constante”, usando conceitos que você já conhece, como por exemplo, sabendo que café combina com leite, da para harmonizar uma Cerveja Stout (base de café) com um sorvete de creme, e por aí vai. São muitas possibilidades, novos experiências, desafios e sabores. É o modo HARD sendo ativado no jogo, e garanto que é muito mais legal.

Bom, pra finalizar, se você se interessou em harmonizar, comece com um queijo e cerveja, sempre é legal. E se você tem alguma dúvida qual cerveja combina com o que ou qual prato combina com qual cerveja, coloca aí nos comentários que eu tento falar uma boa harmonização.

E é isso aí seus bêbados, eu fico por aqui, espero que tenham gostado. Fiquem a vontade para criticar, acrescentar, corrigir, falar mal, trollar, me xingar, dar like, comentar, dizer “oi”, ou chamar pra uma cerveja.

Abraço e… PROST!

ASS