Filme visto em: 01 de Dezembro de 2014 | Bob´s House

SINOPSE

Um jovem rapaz chamado Ig Perrish (Daniel Radcliffe) é acusado de violentar e matar a sua namorada Merrin (Juno Temple). Igg é dotado de uma habilidade que faz com que chifres nasçam em sua cabeça. Aos poucos, ele descobre que estes possuem o poder de fazer com que as pessoas confessem seus pecados, independente de quão repulsivos e chocantes sejam.

SR101BCRÍTICA RENEGADA

Fala Galera! Blz?! Eu entendo o porque que esse filme acabou sendo cancelado, afinal o linguajar não seria muito apropriado para estrear perto do Natal e ainda com demônios e afins. Outra coisa que eu vi sofre esse filme é que ele saiu lá fora em 2013, então pelo jeito ele não vai estrear por aqui tão cedo. Agora sobre o filme: Me diverti! Tem muitas coisas clichês e tal, mas não incomoda nada! O Bacana é que, depois de tanta coisa que acontece e injustiça com o Ig, assim que aparece os chifres na cabeça dele, todas as mascaras dos hipócritas caem de uma forma muito direta que pode deixar você boquiaberto! E algumas surpresas são bem “Blás”, mas a execução e tudo mais, é muito bacana! Uma coisa interessante é que o Daniel Radcliffe está cada vez mais distante daquele garoto bonzinho que foi o Harry Potter e representa bem! Recomendo e de uma chance! #AVANTE

NOTA: icon_pubjoe_clapicon_pubjoe_clapicon_pubjoe_clapicon_pubjoe_clap

Direção: Alexandre Aja
Elenco: Alex Zahara, Daniel Radcliffe, Desiree Zurowski, Dylan Schmid, James Remar, John Stewart, Juno Temple, Kelli Garner, Kendra Anderson, Laine MacNeil, Max Minghella, Meredith McGeachie, Michael Adamthwaite, Sabrina Carpenter
Roteiro: Joe Hill, Keith Bunin
Produção: Alexandre Aja, Cathy Schulman, Joey McFarland, Justine Raczkiewicz, Riza Aziz
Fotografia: Frederick Elmes
Edição: Baxter
Trilha Sonora: Robin Coudert
Gênero: Drama
País: Estados Unidos
Duração: 123 min
Ano: 2013
Estúdio: Mandalay Pictures / Red Granite Pictures
Classificação: Não foi informado

[ytp_video source=”yg9GW3Krsi8″]

 

Não se esqueçam de comentarem, compartilharem e o que vocês quiserem! Até mais!