SR42

Filme visto em: 20 de Setembro de 2013 | UCI Jardim Sul – SP

SINOPSE

No ano de 2159, existem apenas duas classes de pessoas: os muitos ricos, que vivem em uma estação espacial isolada, chamada Elysium, e o resto da humanidade, que vive em uma superpovoada Terra em ruínas. Para preservar o estilo de vida luxuoso dos cidadãos de Elysium está Rhodes (Jodie Foster), que governa com pulso firme para fazer cumprir as leis anti-imigração. Apesar disso, várias pessoas tentam entrar ilegalmente em Elysium na esperança de uma vida melhor, porém sem muito sucesso. Até que Max (Matt Damon) recebe uma missão que pode não só salvar sua vida, mas trazer igualdade para esses mundos tão distintos.

CRÍTICA RENEGADA

Não tem como negar a forma eficaz e curiosa que foi a divulgação desse filme. Só pelo fato de saber que teríamos Wagner Moura , junto com Alice Braga, Matt Damon e o hype de ser um projeto no qual não poderiam falar o que seria. E isso aconteceu até os dias antes da sua estréia: Todo mundo tinha que ver esse filme, mesmo sem saber do que se tratava.  Ai vimos que o diretor do excelente Distrito 9, Neill Blomkamp, estava no projeto. A sua especialidade e todo seu cuidado em mostrar os contrastes do mundo, dos favorecidos e injustiçados, acaba sendo muito bem empregados nessa nova “Terra”, sem os alienígenas do Distrito 9. A fotografia foi mantida, porém a ação que foi mostrada no Distrito 9, que era bem detalhada e realista, aqui em Elysium se torna Exótica e de certa forma prejudicial, já que a câmera não para de tremer nos momentos de porradaria. Alice Braga está impecável no papel da enfermeira e mãe, Frey. Podemos dizer que já é uma atriz norte americana nata pelo modo natural e bem solta que ela está no filme. Jodie Foster tem um papel muito forte e polêmico na trama, mas aparece infelizmente pouco. Matt Damon sendo…Matt Damon. Agora o destaque mesmo, e que salva pelas sua presença mesmo nas cenas e situações, Wagner Moura. Interpretando Spider , Wagner Moura mostra o seu carisma misturando com os coiotes de transporte de pessoas e hacker,  dando ordens, mancando, gritando, virado no Jiraya, e idealizador de um mundo mais justo para as pessoas. Elysium, de uma forma simplificada, mostra isso:  a superação dos injustiçados, em busca do seus direitos como seres humanos e uma vida digna. Vale a pena ir ao cine e conhecer toda a situação e aproveitar a viajem até Elysium. Cuidado com os Foguetes! #Avante

NOTA: icon_pubjoe_clapicon_pubjoe_clapicon_pubjoe_clap

Direção: Neill Blomkamp
Roteiro: Neill Blomkamp
Elenco: Adrian Holmes, Alejandro Peraza, Alejandro Rae, Alex Peraza, Alice Braga, BillyJames, Brandon Auret, Carly Pope, Catherine Lough Haggquist, Christopher Vivanco, Claude Duhamel, Derek Gilroy, Dominika Zybko, Emma Tremblay, Faran Tahir, Hugo Steele, Jared Keeso, Jodie Foster, Jorge Sulser, Lexie Huber, Matt Damon, Michael Mando, Michael Shanks, Ona Grauer, Pauline Egan, Sharlto Copley, Terry Chen, Wagner Moura, William Fichtner
Produção: Simon Kinberg
Edição: Julian Clarke, Lee Smith
Fotografia: Trent Opaloch
Trilha sonora: Ryan Amon
Gênero: Drama
País: EUA
Duração: 109 min
Ano: 2013
Estúdio: Media Rights Capital / QED International / Sony Pictures Entertainment
Classificação: 16 anos

Não se esqueçam de comentarem, compartilharem e o que vocês quiserem!  Até mais!

ASSBob