X1 RENEGADO | IMPRESSÕES SOBRE A BGS

E no ano de 2014, mais uma vez o Brasil mostra a que veio no universo dos games com mais uma edição da Brasil Game Show!

Vitrine_Post_X1_BGS

Que feira decente pra quem gosta de jogar alguma coisinha. Acostumem-se com isso pois essa feira ainda vai render assunto por um bom tempinho. Agora vamos lá. O que é a Brasil Game Show? Trata-se da maior feira sobre games da América Latina, tratando não só de stands para jogatina dos visitantes, mas de negócios milionários, fechamento de parcerias entre empresas voltadas ao gênero, surgimento de novas entidades e anúncios e propagandas dos próximos trabalhos de grandes produtoras. Hoje este evento (tratando-se do mercado para o qual é voltado) tem potencial para movimentar até milhões de dinheiros, visto que a indústria de Video Games tornou-se uma das mais lucrativas do mundo nos últimos anos. Posso dizer que me orgulho de saber que um evento deste porte acontece anualmente aqui no Brasil.

O interessante é saber que essa E3 tupiniquim começou humilde e simples como um encontro oficial de aficionados por vídeo game no Rio de Janeiro. Um evento com pouco mais de 100 pessoas com o intuito de conversar sobre seu assunto favorito e praticar algumas horas de jogatina nostálgica com consoles da infância como Atari e Neo Geo.

bgs1

Após três edições deste encontro, Marcelo Tavares, seu organizador, resolveu investir mais e montar algo maior do que um encontro entre fãs. Surge assim em 2009 a RGS (Rio Games Show) como primeira feira do segmento em 3 anos. As visitas agora contavam com uma média de 8.000 pessoas.
Bom a partir daí já sabemos em que nível as coisas evoluíram para o senhor Tavares com o passar dos anos não é? A edição deste ano da BGS contou com mais de 250.000 visitantes, aproximadamente 100.000 pessoas a mais que em 2013… Olhem só que ótimo exemplo pra quem quer crescer e evoluir o seu negócio/site/blog/evento. Um evento de 100 pessoas tornou-se um evento de 250.000 em apenas alguns anos.

Quanto ao evento de 2014 tenho que admitir, estava meio apreensivo em ir justamente no sábado, dia que eu julgava ser o mais lotado, e repetir a experiência de 2013 de 3 horas de fila no sol escaldante e pouco espaço para se mexer dentro do local. Fiquei extremamente surpreso ao ver a melhoria causada pelo novo pavilhão integrado ao evento (utilizando agora quase todos os pavilhões do Expo Center Norte). Não sei se mudaram algo na organização dos stands ou se foi apenas o espaço maior utilizado, mas desta vez por mais que alguns lugares específicos estivessem lotados, era possível andar normalmente por todo o evento.

Tanto que foi possível notar que o evento estava bem mais “Família”. Foi comum ver pais, mães e filhos aproveitando a feira juntos. Alguns pais educando suas crianças na arte dos games e vice versa também.

bgs2

Esse tipo de coisa é fantástica para que o mundo conservador veja que a razão de alguns malditos casos de violência, não ser os jogos e etc… (Veja minha coluna sobre isso aqui)
Quanto aos stands, os dois principais estavam lá como sempre um de frente para o outro com seus anúncios em telões, cabines para gameplays e setor de compras para nos ajudar a falir mais depressa.

bgs3

Assim como havia um stand da Razor arrebentando de vendas como várias promoções relâmpagos. Os PC Gamers sentiram-se respeitados esse ano, tem que se admitir.
Como toda boa feira de Enorme Porte, sempre há ótimos cosplayers, tanto Oficiais como feitos por fãs. Sempre fico maluco ao ver uma fantasia ultra real e ter a noção de que foi feita com sangue suor e lágrimas do cosplayer. Muito orgulho nos deu também o amigo renegado Connor, que estava lá como oficial no stand da Ubisoft destruindo como Arno Victor Dorian, protagonista do recente Assassin’s Creed Unity.

15555097681_ffca7a4f32_o

Outro destaque interessante foi o grande campeonato de DOTA que estava ocorrendo lá com equipes internacionais. Cara, é incrível a vibração das pessoas ao assistir a peleja rolando no telão. É comparável a jogos da seleção. Nos primeiros Kills, o narrador se empolga e a multidão vai a loucura, e os jogadores continuam feito pedras em seus lugares, tamanha a sua concentração. Sei que hoje isso é considerado um E-Sport, com grandes competições mundiais, o que torna a jogatina muito mais séria e focada para os players, mas ainda sou adepto do bom e velho, jogar por que é divertido, pra desbaratinar ou entrar numa boa e imersiva história. Mas tenho que dar os parabéns aos competidores. São profissionais FODAS!

O Evento foi em suma uma grande e divertida festa onde tive a oportunidade de jogar alguns títulos que com certeza possuirei logo mais como Lord Of The Rings: Shadows of Mordor, The Order 1886, Sunset Overdrive (provavelmente o mais divertido que joguei) e assistir a exibições de Bloodbourn (Dark Souls versão moderna) e Until Dawn (Jogo de Survival Horror para PS4).
E é claro, houveram mulheres. Muitas mulheres. Para uma feira que está tomando as mesmas proporções de um Salão do Automóvel, é claro que haviam belas promotoras em quase todos os stands. Acho que havia até um stand só de promotoras, se bem me lembro…
Bem, se quiser ver um pouco mais do que foi a feira na nossa visão renegada, veja o mais recente Renegados On The Road que gravamos lá e mostra um pouco melhor tudo que falei aqui!

  • silvio domingues da silva

    Valeu pelos elogios e #Avante!!! sempre, que venham as próximas!!!

  • Cido

    Connor famosãooooooooooo da galera…hahahha Parabens mano!